Anúncio da Sony: impactante

Publicado maio 26, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

“A Sony estreou campanha polêmica na Áustria. Muitos blogueiros já reclamaram da peça que também não deixou os consumidores muito satisfeitos. Com a intenção de associar o PlayStation 3 com o prazer, a empresa publicou uma montagem de um homem nu com um dedão no lugar do pênis.”

A matéria foi retarada do site meio e mensagem, e achei interessantíssima pois a Sony está conseguindo e efeito que deseja: criar ações que sejam fortes o suficiente para serem banidas mas não a ponto de gerar processos e queda nas vendas. O buzz gerado pelas notícias de peças Sony da retiradas é maior do que o das próprias peças. Excelente estratégia não?

Blog: 4 meses depois

Publicado maio 26, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

Bom, em primeiro lugar queria agradecer ao professor Eric, por ter agregado em todos nós essa nova experiência.

Antes de começar a atividade dos posts semanais eu nem sabia como criar um blog, muito menos como escrever e interagir com blogs alheios, hoje sei tudo isso além de diversas outras coisas que aprendi com a leitura dos textos para o post obrigatório.

Conheci também sites interessantíssimos sobre o meu tema: publicidade e comunicação, e me comuniquei com pessoas diversas, criadores de outras páginas pessoais.

Gostei muito e aprendi muito também! Não vou parar por aqui, sempre que tiver um tempinho livre postarei novas notícias!

 

“O caos de São Paulo organizado nos blogs”

Publicado maio 19, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

A internet tornou-se o meio de comunicação mais veloz e eficaz. Com o acesso de milhões de internautas diariamente não há como uma notícia interessante passar despercebida.

O marketing viral é uma prova desta eficácia virtual, e os blogs contribuem muito para a comunicação das pessoas dentro deste meio.

No artigo publicado no Estado de São Paulo, é mostrado blogs e blogueiros que ajudam, divulgando em seus espaços pessoais, a melhorar a cidade de São paulo e a informar as pessoas sobre eventos e acontecimentos gerais da cidade. Essa divulgação, como dito, é muito útil e tem uma recepção excelente, chegando até ao ouvido do governo, para que este saiba das eventuais reclamações das pessoas. A eficácia desta comunicação ocorre graças a adaptação da modernidade ao meio virtual, que cresce rapidamente e ganha um espaço jamais visto, tanto na publicidade como na divulgação de informações gerais. É a hipermídia, mais uma vez mostrando que a interatividade da internet, juntamente com milhões de emissores, vem trazendo resultados não só pessoais, mais para toda uma sociedade que agora pode lutar pelos seus direitos e obter uma resposta rápida.

Campanha americana desagrada brasileiros.

Publicado maio 19, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

Campanha de cachaça americana desagrada brasileiros

Campanha de cachaça americana, feita por agência de Nova York, desagrada brasileiros.

O Brasil tem sua imagem associada ao futebol e mulheres com corpos esculturais, porém o que irritou os brasileiros no anúncio foi o uso da imagem sensual da brasileira para a venda de um produto no exterior.

Para aqueles que são maiores de 18 anos, vale a pena dar uma conferida no filme “caliente” produzido para a campanha: http://www.cabanacachaca.com/

 

 

 

RP 2.0: por que as relações públicas precisam mudar

Publicado maio 12, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

Thiane Loureiro mostra a importância das empresas se adaptarem ao novo mundo digital de forma correta. Mostra a importância das relações públicas e a necessidade destas para o cliente.

A tradicional publicidade vem perdendo espaço para o boca a boca, que por ser um método mais rápido e econômico de divulgação em geral, vem ganhando espaço enorme.

Porém a Web 2.0 significa, diferentemente do que pensam, estabelecer relações transparentes, conhecer aquele com quem você mantém uma comunicação e estar preparado para mudanças. Adaptar-se significa integrar-se ao sistema de forma correta, e não de forma displicente, como a maioria das empresas fazem.

A Relações públicas, como enfatiza-se no texto, devem ser melhor trabalhadas, saber lidar e informar o cliente, para, então, terem a capacidade de entrar no que chamam de Relações Públicas 2.0

 A evolução e adaptação devem ocorrer sim, e de fato ocorrem aceleradamente, porém a qualidade de serviços deve ser frizada e a preguiça e desleixo devem ser deixados para trás.

Viral da DM9 multa gordos e causa polêmica.

Publicado maio 12, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

Desde terça-feira, dia 6, vem circulando no youtube um novo viral da DM9 para a Cia Athletica, que explica a proibição de mídia exterior na cidade de São Paulo e mostra alguns ”fiscais” da Prefeitura autuando pessoas obesas, que usam camisas enormes com marcas expostas, alegando que essas devem ser multadas pois parecem outdoors ambulantes.

 A produção que termina com a assinatura: ‘Fique em Forma’, tem causado uma enorme polêmica e desagradou pessoas mais gordas, que consideraram o viral desrespeitoso e preconceituoso.

O que era para ser um vídeo bem humorado não agradou tanto assim, foi retirado temporariamente do youtube, e sofre ameaças de processo no Conar.

O privado que vira público, a partir da leitura de “Vivemos em plena era da exposição”

Publicado maio 5, 2008 por nath4apm
Categorias: Sem-categoria

A modernidade é, sem dúvidas, a era da exposição, a era em que o privado se torna público e normas e regras antes exigidas por moralistas hoje são desprezadas. As etiquetas, o padrão de comportamento, tudo muda dando espaço a um novo mundo, globalizado e veloz, erótico e exposto, hipermidiático e digital. 

O receptor, que antes era apenas um receptor passivo, hoje toma um lugar ativo de emissor. As informações são tantas e são tantos os informantes que não dá mais para se confiar no que lê, os dados tornam-se secundários e equivocados, pois quem os fornece o faz apenas pelo prazer da liberdade de se expressar, e não pela vontade de aprender e ensinar.

A internet se torna o espaço da liberdade, o espaço em que o passivo se torna ativo com uma facilidade tão grande que o que antes era ativo e crítico, hoje se mescla na imensidão das informações, perdendo seu espaço, dividindo-o com a massa que acredita, ingenuinamente, que é dona do próprio nariz, mas não sabe nem ao menos que o mundo moderno é pura e completa vigilância e manipulação. Sendo assim, concluo que os supostos novos emissores ativos não passam de meros e ingênuos receptores…passivos!